Little Talks
somanywaysofloving:

“Ele não é perfeito. Você muito menos, e os dois nunca serão perfeitos. Mas se ele pode fazer você rir pelo menos uma vez, faz com que você pense duas vezes, e se ele admite ser humano e cometer erros, agarre-o e dê-lhe o máximo de amor que puder. Ele não vai citar uma poesia, ele não está pensando em você a cada momento, mas ele vai lhe dar uma parte dele que ele sabe que você pode quebrar. Não o machuque, não o mude, e não espere mais do que ele pode dar. Não analise. Sorria quando ele a fizer feliz, grite quando ele te deixar brava, e sinta falta dele quando ele não estiver aí. Ame muito quando há amor para receber. Porque caras perfeitos não existem, mas há sempre um cara perfeito para você”. 
lesbihonestworld:

I can’t wait
scampthecorgi:

We have no idea what he’s doing…
treeeclimber:

 
lovely1950s:

Audrey Hepburn
4:31 PM"

When he knelt in the snow beside her, her eyes opened. “Jon Snow,” she said, very softly. It sounded as though the arrow had found a lung. “Is this a proper castle now? Not just a tower?” “It is.” Jon took her hand. “Good,” she whispered. “I wanted t’ see one proper castle, before … before I …”

“You’ll see a hundred castles,” he promised her. “The battle’s done. Maester Aemon will see to you.” He touched her hair. “You’re kissed by fire, remember? Lucky. It will take more than an arrow to kill you. Aemon will draw it out and patch you up, and we’ll get you some milk of the poppy for the pain.”

She just smiled at that. “D’you remember that cave? We should have stayed in that cave. I told you so.”

“We’ll go back to the cave,” he said. “You’re not going to die, Ygritte. You’re not.”

“Oh.” Ygritte cupped his cheek with her hand. “You know nothing, Jon Snow.”

"

— A Storm of Swords (via slavocracy)

(Source: cabbagefuneral)